24

Por deliberação da Ordem das Cortes, a 24 de julho de 1821, foi comunicado ao Governo o parecer aprovado nesse dia e subscrito pelos seguintes membros da comissão: Inácio da Costa Brandão, João Vicente Pimentel Maldonado e Joaquim Pereira Anes de Carvalho.

Parecer da Comissão de Instrução Pública, de 12 de Julho de 1821, interposto sobre um requerimento, que acompanha o parecer, do Bibliotecário-mor da Biblioteca Pública de Lisboa, Joaquim José Ferreira Gordo, no qual pede que sejam remetidos para a Biblioteca Pública, os livros e folhetos impressos e manuscritos que desde o ano de 1794 estão na secretaria da Mesa do Desembargo do Paço, do expediente da censura e também rodas as censuras de obras manuscritas apresentadas ao tribunal, e as respostas dos seus autores, ou editores, se as houver; porque não sendo ali de proveito, podem ser muito úteis na Biblioteca.

A comissão entendeu propor o envio ao Governo da "atendível representação do Bibliotecário-mor da Biblioteca Pública".